Vinte e seis cidades de Mato Grosso terminam ano de 2020 sem homicídios dolosos 09/02/2021 Fonte: Juliano Patrick | Sesp-MT
Vinte e Seis municípios de Mato Grosso conseguiram fechar o ano de 2020 sem registrar casos de homicídio doloso, conforme os dados da Superintendência do Observatório de Segurança Pública, vinculada à Adjunta de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

A maioria são cidades tranquilas e ficam localizadas nas regiões Norte, Leste e Oeste do Estado. O levantamento é referente aos meses de janeiro a dezembro do ano passado. Resultado parecido foi alcançado no mesmo período de 2019, já que naquele ano não houve registro de homicídio doloso em 27 cidades.

Também houve 74 municípios que apresentaram entre um a cinco registros de homicídio doloso ao longo de todo o ano passado, 27 com seis a 11 casos e 14 cidades registraram acima de 12 homicídios. Neste levantamento estão contabilizados os homicídios dolosos, ou seja, não abrangem crimes como latrocínio, por exemplo.

O secretário de Estado de Segurança, Alexandre Bustamante, destaca o desafio de implementar ações de prevenção e repressão nos 141 municípios mato-grossenses. “Nosso estado tem uma grande extensão territorial, além da região de fronteira com a Bolívia que é utilizada como porta de entrada de drogas, um crime que acaba resultando em outras ações criminosas, como o homicídio, por exemplo”.

Ele ressalta que o trabalho conjunto das forças policiais é responsável pelos resultados positivos. “É preciso reconhecer o empenho de todo o sistema de segurança, desde o aspecto preventivo, o trabalho técnico de inteligência, de dados, perícia, investigação, até o operacional com enfrentamento da criminalidade nas ruas, e também a parte de ressocialização de reeducandos e socioeducativa que estamos melhorando. Temos homens e mulheres comprometidos se dedicando todos os dias para garantir a segurança da população”.

Ao todo, foram contabilizados 810 homicídios dolosos no ano de 2020 em Mato Grosso. Cuiabá registrou 80 casos, seguida de Várzea Grande, com 49 casos. Em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá) e Rondonópolis (218 km ao sul de Cuiabá) houve 37 registros cada.

Compõem as forças de segurança do estado a Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Sistema Penitenciário, Sistema Socioeducativo e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).
COMPARTILHAR COM