Câmeras de segurança da Xiaomi permitiam ver a casa de outras pessoas
03 de Janeiro de 2020 - Fonte:MSPoweruser e Android Police
Compartilhar
  • As câmeras inteligentes da Xiaomi, a Xiaomi Mijia, sofreram com alguns problemas recentemente e que podem colocar a privacidade de pessoas em risco. Assim, alguns usuários relataram ter recebido imagens das câmeras de outras pessoas ao tentar transmitir imagens de suas câmeras para um Google Nest Hub.

     

    Por sua vez, a Xiaomi já reconheceu o problema e fez um post explicando que ocasionou em uma nota enviada ao XDA-Developers, inclusive afirmando que o problema já foi solucionado.

     

    “A Xiaomi sempre priorizou a privacidade e a segurança das informações de nossos usuários. Sabemos que houve um problema ao receber fotos ao conectar o Mi Home Security Camera Basic 1080p no hub do Google Home. Pedimos desculpas pelo inconveniente que isso causou aos nossos usuários.

     

    Desde então, nossa equipe agiu imediatamente para resolver o problema e agora ele já está corrigido. Após investigação, descobrimos que o problema foi causado por uma atualização de cache em 26 de dezembro de 2019, que foi projetada para melhorar a qualidade do streaming da câmera. Isso só aconteceu em condições extremamente raras. Nesse caso, ocorreu durante a integração entre o Mi Home Security Camera Basic 1080p e o Google Home Hub com uma tela de exibição em más condições de rede.

     

    Também descobrimos que 1044 usuários estavam com essas integrações e apenas alguns com condições de rede extremamente ruins podem ter sido afetados. Este problema não deve ocorrer se a câmera estiver vinculada ao aplicativo Mi Home da Xiaomi.

     

    A Xiaomi comunicou e corrigiu esse problema com o Google e também suspendeu o serviço até que ele tivesse uma solução definitiva para garantir que esses problemas não ocorressem novamente.”

     

    Após os relatos feitos através de usuários pelas redes sociais, o Google afirmou que, enquanto o problema não fosse resolvido por completo, as integrações com aparelhos da Xiaomi e seus dispositivos estariam desativadas.