Deputados querem por fim à autonomia financeira da Unemat
28 de Agosto de 2018 - Fonte:Lázaro Thor Borges, repórter de A Gazeta
Compartilhar
  • Um projeto de emenda à Constituição apresentado pelo deputado Ademir Brunetto prevê o fim do repasse de 2,5% da receita líquida do Estado para a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). A proposta foi apresentada com a assinatura de 12 deputados no dia 7 de agosto. Dois deles, porém, retiraram seu aval horas depois.

     

    O percentual de repasses à Unemat foi estabelecido pela Emenda Constitucional no 66, aprovada no dia 3 de julho de 2013. A proposta foi apresentada pelo deputado Adriano Silva (DEM). A princípio, o repasse era de 2% da receita líquida do Estado e subiu gradativamente até alcançar o valor atual de 2,5%.

     

    A proposta de Brunetto não apresenta justificativa e diz apenas que a emenda antiga deve ser retirada da Constituição. Entre aqueles que assinaram a propositura está o deputado Wilson Santos (PSDB), Zeca Vianna (PDT), Oscar Bezerra (PV), Romoaldo Júnior (MDB), Valdir Barranco (PT) e Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD).

     

    Um dos que desistiram de apoiar a proposta foi Leonardo Albuquerque (Solidariedade), que é candidato a deputado federal este ano. Leonardo argumentou em nota que colocaram o projeto no meio de outros documentos para que ele assinasse. “Mas assim que li o texto retirei minha assinatura, com documento e no mesmo dia”, explicou. Outro que decidiu de apoiar a proposta foi Wancley Carvalho (PV).

     

    Depois de retirar sua assinatura alegando falha, Leonardo Albuquerque se disse totalmente contrário ao projeto apresentado por Brunetto e garantiu que tentará impedir a aprovação do texto em plenário.

     

    Atualmente, a Unemat possui 13 câmpus espalhados por Mato Grosso e atende a 22 mil acadêmicos. A universidade foi criada em 1993, mas é herdeira da Fundação de Ensino Superior de Mato Grosso (Fesmat), criada em Cáceres. A partir de 1990, a instituição se expandiu para outras regiões do Estado, permitindo a criação da universidade.