Dermatologistas atendem 400 pessoas em campanha de combate ao câncer de pele
06 de Dezembro de 2017 - Fonte:Conexão Assessoria
Compartilhar
  • Às 7h da manhã de sábado (02) já havia fila para retirar senhas para atendimento dermatológico, que iniciava às 9h na Universidade Federal de Mato Grosso Campus de Sinop (UFMT). A ação, em alusão a campanha Dezembro Laranja, movimentou sete dermatologistas e 20 acadêmicos, atraindo mais de 400 pessoas com suspeita de câncer de pele.

     

    "A campanha foi um sucesso. Diagnosticamos 45 casos suspeitos de câncer de pele e 60 lesões pré cancerosas, além de 5 casos suspeitos de melanoma, tipo mais temido da doença", conta o dermatologista e coordenador da Campanha em Sinop, Carlos Alberto Bruno.

     

    Divididos em salas, os especialistas atenderam gratuitamente e sem pausa para almoço até às 15h. Antes de passar pela consulta, era obrigatório assistir a uma palestra sobre cuidados ideais para a pele.

     

    "O câncer da pele é o tipo da doença mais incidente no Brasil, com 176 mil novos casos ao ano. O Dezembro Laranja é uma forma de chamar a atenção para o problema e conscientizar a população sobre os cuidados necessários", explica Carlos Alberto.

     

    Com o diagnóstico em mãos, os pacientes foram encaminhados diretamente para o Sistema Único de Saúde (SUS) para biópsia e tratamento adequado.

     

    "Consultar com um especialista na rede pública nem sempre é fácil, as filas de espera são longas, e no sistema privado pode custar mais do que as pessoas podem pagar. A campanha oferece um atendimento de qualidade e ágil, possibilitando tratamento para todos", conta a dermatologista voluntária da campanha, Maria Cecília Bruno.

     

    Dezembro Laranja

     

    Com a intenção de estimular a população na prevenção e no diagnóstico ao câncer da pele, em 2014 a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) deu iniciou ao movimento de combate ao câncer da pele batizado “Dezembro Laranja”. Desde então, sempre no último mês do ano, a entidade realiza ações para lembrar como evitar o câncer mais comum no país e convida a população a compartilhar nas redes sociais uma foto vestindo uma peça de roupa laranja, publicando-a com a hashtag #dezembrolaranja.

     

    Todo ano o tema da campanha é renovado para atrair um maior número de pessoas nessa luta de conscientização, este ano o tema é “Se exponha mas não se queime”.

    Horário especial de natal em Sinop será de 13 a 24 de dezembro
    06 de Dezembro de 2017 - Fonte:Assessoria
    Compartilhar
  • Após consultar os lojistas, a CDL Sinop solicitou a prefeitura, que já publicou decreto nº 0265/2017 autorizando, o horário especial de natal para o comércio. Assim as lojas podem ficar abertas até mais tarde no período de 13 a 24 de dezembro. “Serão 12 dias especiais, iniciando em uma quarta-feira e tendo entre eles dois fins de semana”, explicou Márcio Kreibich, presidente da CDL Sinop.

     

    Neste período, de Segunda a Sábado, o comércio pode funcionar até às 21 horas e aos Domingos, incluindo dia 24, véspera de natal, as lojas podem ficar abertas até às 17 horas, sem ônus para o empresário no que diz respeito a alvará de funcionamento.

     

    A policia militar e a guarda de transito foram comunicadas para garantir a segurança nestes dias. “Vamos estar com nossas viaturas nas ruas, ordenando o transito e atentos ao movimento, tudo para que este natal seja tranquilo e sem ocorrências”, comentou o Secretário de Transito e Transporte Urbano de Sinop, Mauro Garcia.

     

    “Nossos homens e mulheres já estão preparados para o horário especial, teremos reforço no patrulhamento de carro e moto e vamos usar também o patrulhamento a pé, que vai, inclusive, se estender após as 21 horas, já que levamos em conta também o fechamento das empresas”, explicou o Comandante da Policia Militar de Sinop, Major Mariowillian Ribeiro.

     

    “O horário especial facilita as compras do consumidor e consequentemente as vendas aumentam, apostamos em um aumento de 20 a 30% e esperamos que seja o melhor natal dos últimos anos”, pontuou o presidente da CDL Sinop ao informar também que o horário especial não é obrigatório, “Participar do horário especial é uma opção e uma sugestão para que o lojista aproveite melhor o movimento de fim de ano, mas claro que cada empresário vai avaliar se é interessante aderir ou não. Nossa expectativa é de que 80% dos lojistas da região central da cidade participem”.

     

    Informações (66) 3511 1400.