Em reunião Rocha recebe importante apoio da juventude em Sinop
27 de Setembro de 2018 - Fonte:Assessoria Foto: Thiago Silva
Compartilhar
  • O candidato a deputado estadual Adenilson Rocha, se reuniu na noite desta terça-feira (25) com um grupo de jovens em Sinop. O tucano falou sobre as propostas para o mandato, caso seja eleito, e sobre os programas de políticas públicas para a juventude.

     

    Um dos assuntos apresentado pelos jovens foi a falta de oportunidade no mercado de trabalho. “Quando a gente vê tantos jovens tentando terminar a faculdade, buscando uma vaga no mercado de trabalho ou mesmo tentando começar seu próprio negócio, e percebemos o descaso das pessoas que tinham por obrigação cuidar do dinheiro público, aí a gente fica indignado. Me comprometo a ser este elo de ligação da juventude com as políticas públicas, para que tenham mais oportunidade de emprego, esporte e lazer”, destacou Adenilson.

     

    Quando a gente vê tantos jovens tentando construir uma família, terminar a faculdade, buscando uma vaja no mercado de trabalho ou mesmo tentando começar um negócio próprio, e percebemos o descaso das pessoas que tinham por obrigação cuidar do dinheiro público, aí a gente fica indignado. Me comprometo a ser este elo de ligação da juventude com as políticas públicas, para que tenham oportunidade de empregos, esporte e lazer.

     

    A taxa de desemprego dos jovens entre 18 e 24 anos atinge 26,26% dos jovens brasileiros, de acordo com dados do IBGE.  A falta de experiência faz com que os jovens sejam os que mais sofrem com o reduzido número de vagas.

     

    “Fiquei muito feliz por ver tantos jovens que vieram falar sobre política. Acredito que ainda há dentro de cada um deles, a esperança de que as coisas podem mudar a realidade para melhor”, ressaltou o candidato.

     

    Propostas para a juventude:

     

    Ampliar e qualificar os programas e projetos de esporte, em todas as esferas públicas, enquanto políticas de Estado, tais como os programas Esporte e Lazer da Cidade, Bolsa Atleta e Segundo Tempo com núcleos nas escolas, universidades e comunidades, democratizando o acesso ao esporte e ao lazer a jovens, articulados com outros programas existentes.

     

    Criação de espaços culturais públicos, descentralizados, com gestão compartilhada e financiamento direto do estado, que atendam às especificidades dos jovens e que tenham programação permanente e de qualidade.

     

    Garantia de políticas públicas integradas que promovam a geração de trabalho e renda para o jovem e a jovem do campo, com participação da juventude na sua elaboração e gestão.

     

    Fomentar a parceria com empresas para a contratação de menor aprendiz.

     

    Aumentar o número de vagas nos cursos técnicos profissionalizantes. Os cursos técnicos estão cada vez mais valorizados e lideram a preferência dos estudantes do ensino médio. Muitos jovens encontram nesse tipo de formação o caminho mais curto para conquistar um bom emprego.