Rocha ministra palestra sobre coleta seletiva na Escola Nilza
26 de Novembro de 2019 - Fonte:Assessoria / Marcos Silva
Compartilhar
  • Alunos e professores da Escola Estadual Nilza de Oliveira Pipino promoveram nesta segunda-feira (25) a 1ª edição do Projeto Auri (Agricultura Urbana: Reciclando Ideias), evento voltado ao meio ambiente. 

     

    O vereador Adenilson Rocha, foi convidado a ministrar palestra referente a reciclagem e coleta seletiva. “Uma honra participar do evento e poder dialogar com os jovens, principalmente a respeito do meio ambiente. Durante a palestra pude abordar sobre como seria se nosso município tivesse a coleta seletiva de resíduos e como seria o impacto na economia dos munícipes”, comentou Adenilson. 

     

    A Lei nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) é bastante atual e contém instrumentos importantes para permitir o avanço necessário ao País no enfrentamento dos principais problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos.

     

    Sinop produz cerca de 125 toneladas de resíduos por dia e estes resíduos sólidos, são levados um aterro sanitário em Primaverinha, distrito de Sorriso. A Sanetran ficou responsável pela coleta, a Ecopav Construções e Soluções Urbanas pelo transbordo e transporte do lixo e a Sanorte Saneamento Ambiental pela destinação final. Esses 3 serviços tem um custo anual de aproximadamente R$ 11,4 milhões aos cofres públicos.

     

    Adenilson apontou os benefícios da implantação da coleta seletiva em Sinop. “Com a implantação da coleta seletiva, cerca de 70% dos resíduos que iriam para o aterro seriam reciclados, ou seja, com a redução dos resíduos, o município gastaria menos, o munícipe pagaria menor taxa de lixo, além de criar e fomentar as cooperativas de reciclagem”, enfatiza o vereador.