Vereador cobra transparência do Executivo em projeto de área do Estádio
11 de Setembro de 2019 - Fonte:Assessoria Foto: Marcos Silva
Compartilhar
  • O vereador Adenilson Rocha usou a tribuna durante a Audiência Pública realizada nesta terça-feira (11) para discutir o Projeto de Lei 048/2019 que se refere a permuta da área do estádio Massami Uriu (Gigante do Norte), e cobrou o executivo municipal transparência no processo para a sociedade.

     

    Para o vereador, a população deve saber todos os passos do projeto. “Quando nós pedimos uma audiência pública foi porque vimos que a prefeitura não fez. Querem discutir um projeto de grande amplitude, mas não discutiu com a população. Dizem que a sociedade aprova a venda, mas não é isso que estamos vendo aqui, vemos o contrário. Estamos vendo a população contrária a venda do estádio”, disse Adenilson.

     

    Para o vereador, o executivo está usando a saúde como desculpa. “Não venham fazer articulação que vão mandar outro projeto da área completa porque vereador pediu. Não venham usar a saúde de Sinop covardemente como estão utilizando, falando que vão fazer Upa no São Cristóvão, para mim isso é falácia. Estou lutando para a construção de uma Policlínica/UPA para atender o grande São Cristóvão desde 2016 e tive a confirmação do deputado federal Juarez Costa que o recurso de R$ 3 milhões para a construção já está garantido e deve estar na conta até o final deste mês, porém, além da nova Upa precisamos de um Pronto Socorro Municipal”, enfatizou Adenilson.

     

    Rocha deixou claro que a audiência foi acionada pelo legislativo. “Quem está pedindo a opinião de vocês (sociedade) somos nós vereadores, pois precisamos buscar o que é certo. Pedimos esta audiência para entender o processo, para entender o desejo dos moradores da cidade de Sinop. Não somos contrários a vinda de novas empresas ou a geração de novos empregos, mas o projeto está com vícios e a sociedade está cheia de dúvidas. O executivo deveria fazer a audiência, mas não a fez”, comentou Rocha.

     

    Posicionamento do vereador. “Meu voto será contrário em defesa do patrimônio público. Sou do tempo do ‘Madeirão’, fui gandula em muitos jogos disputados por lá. Sinop está prestes a perder seu único patrimônio histórico, palco de grandes eventos e conquistas do esporte sinopense. E o que mais pesa e que é de forma errada, com um projeto que já tem suas cartas marcadas. Precisamos principalmente da decisão e aval da população sinopense”, finaliza Adenilson.